MGLU3 
R$10,67  3,70%  
PETR4 
R$36,50  1,59%  
VALE3 
R$61,40  0,90%  
BBAS3 
R$26,39  0,46%  
ITUB4 
R$31,91  0,68%  
BBDC4 
R$12,41  0,24%  
ABEV3 
R$11,28  0,71%  
USIM5 
R$7,61  3,68%  
TAEE11 
R$33,49  0,39%  
WEGE3 
R$40,78  2,44%  

O que é CDBs (Certificado de Depósito Bancário)? [Guia Absoluto]

O que é CDBs? [Guia Simplificado e Absoluto]
Se você está buscando alternativas de investimento para fazer seu dinheiro render, provavelmente já ouviu falar sobre o Certificado de Depósito Bancário, mais conhecido como CDB. Mas, você sabe realmente o que é CDB?

Se você está buscando alternativas de investimento para fazer seu dinheiro render, provavelmente já ouviu falar sobre o CDB (Certificado de Depósito Bancário). Mas, você sabe em detalhes o que é CDBs? Neste guia simplificado e absoluto, vamos te apresentar as particularidades do CDB. Além disso, você vai ver quais são os impostos desse investimento, tipos de indexadores disponíveis e outras informações importantes.

O que é CDBs?

O Certificado de Depósito Bancário (CDB), se refere a um título de renda fixa emitido por instituições financeiras. O objetivo desse título é captar um grande volume de recursos para financiar as atividades dessas instituições. Deste modo, o CDB funciona como um empréstimo do investidor (ou seja, seu) para o banco, que remunera a você com juros sobre o valor aplicado.

Além disso, o investimento em CDB é determinado por um prazo e um indexador estabelecido no momento de seu investimento. Portanto, durante esse período (que pode durar de dias a anos), o seu dinheiro estará rendendo com base neste indexador pré-definido.

Quais são os impostos presentes nos CDBs?

É importante conhecer os impostos presentes no investimento em CDB para fazer uma análise precisa dos rendimentos líquidos. Atualmente, os principais impostos são o Imposto de Renda (IR) e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que são cobrados apenas sobre o rendimento (não sobre o valor investido).

Sempre haverá uma alíquota de IR sobre o rendimento do CDB, começando em 22,50% e chegando até 15,00%. Porém, a alíquota do IOF pode chegar até 0% caso o prazo de sua aplicação ultrapasse 30 dias.

Deste modo, veja as tabelas a seguir para entender como é cobrado o IR e o IOF de acordo com o prazo de investimento:

Prazo de InvestimentoAlíquota de IR
Até 180 dias22,50%
De 181 a 360 dias20,00%
De 361 a 720 dias17,50%
Acima de 720 dias15,00%
DiaAlíquota de IOFDiaAlíquota de IOFDiaAlíquota de IOF
196,00%1163,00%2130,00%
293,00%1260,00%2226,00%
390,00%1356,00%2323,00%
486,00%1453,00%2420,00%
583,00%1550,00%2516,00%
680,00%1646,00%2613,00%
776,00%1743,00%2710,00%
873,00%1840,00%286,00%
970,00%1936,00%293,00%
1066,00%2033,00%300,00%

Indexadores disponíveis para o CDB

O CDB pode ser atrelado a diferentes indexadores que determinam o rendimento do investimento. Sendo assim, confira abaixo os indexadores mais comuns.

CDI (Certificado de Depósito Interbancário)

O Certificado de Depósito Interbancário (CDI), se refere a um título emitido pelos bancos para realizarem operações de empréstimo entre si. Deste modo, ele serve como uma taxa de referência para as operações interbancárias de curto prazo (sendo uma taxa mínima para essas operações).

Além disso, o CDI está diretamente relacionado à taxa básica de juros do país, que é definida pelo Banco Central. Caso você invista em um CDB pós-fixado que utiliza o CDI como indexador, o rendimento do seu investimento será determinado por um percentual dessa taxa (Exemplo: 120% do CDI).

IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo)

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, mais conhecido como IPCA, é um dos principais indicadores utilizados para medir a inflação no Brasil. Além disso, o IPCA é calculado com base na variação dos preços de uma série de produtos e serviços de diversas categorias que representam o consumo das famílias brasileiras.

Portanto, caso você deseje investir em um CDB que está atrelado ao IPCA, estará protegido da inflação e ainda terá um ganho real determinado no momento de seu investimento.

CDB Pré-fixado

Uma taxa pré-fixada é um tipo de taxa de juros que é estabelecida no momento da contratação de seu investimento e permanece fixa ao longo de todo o prazo estabelecido. Desse modo, o rendimento do CDB escolhido por você já é definido previamente, sem depender de variações de indexadores econômicos.

Onde encontrar o CDB para investir?

Você pode encontrar opções de CDB em grandes bancos ou em corretoras de investimento. Portanto, você terá diversas opções para comparar as melhores taxas oferecidas, trazendo um melhor retorno sobre seu investimento.

O que é o Fundo Garantidor de Crédito (FGC)?

O CDB conta com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que se refere a uma entidade criada com o objetivo de proteger a você no caso de intervenção, liquidação extrajudicial ou falência da instituição financeira na qual você realizou seu investimento.

Portanto, caso uma instituição financeira associada ao FGC enfrente problemas financeiros graves, como intervenção ou falência, esse fundo é acionado para proteger os investidores. Além disso, o FGC garante a devolução do valor investido, até o limite de R$ 250.000 por CPF e por instituição financeira (incluindo o principal e os rendimentos).

Desse modo, sempre confira se a instituição na qual você está investindo é associada ao FGC.

Riscos de investir em CDBs

Como qualquer investimento, os CDBs também envolvem riscos. O principal deles se refere ao risco de crédito, ou seja, a possibilidade de o banco não cumprir com suas obrigações financeiras, sendo incapaz de retornar seu dinheiro. Por isso, é importante que você avalie a saúde financeira da instituição antes de investir.

Outro risco é o de mercado, que pode afetar os indexadores (CDI e IPCA) no qual seu investimento está atrelado, fazendo com que o rendimento seja menor do que o esperado.

Continue crescendo seu patrimônio!

Os CDBs são uma opção de investimento de renda fixa bastante conhecida e acessível, mesmo para iniciantes. Agora que você compreende todas suas características, está na hora de colocar a mão na massa para continuar crescendo seu patrimônio. Por fim, lembre-se sempre de analisar suas necessidades, objetivos e perfil de investidor antes de aplicar seu dinheiro, investindo com segurança.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Picture of Felipe Mourão

Felipe Mourão

Felipe Mourão é engenheiro graduado pela USF, apaixonado pelo mercado financeiro e conhecimento. Atualmente, assina textos no A Sua Renda.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode Gostar

Você precisa saber!

Cotações - Ações

CMIG4
0,49%
R$10,25
CSMG3
0,86%
R$19,89
CPFE3
0,22%
R$32,51
EGIE3
0,09%
R$43,96
EQTL3
0,52%
R$28,80
SAPR4
0,00%
R$5,34
TAEE3
0,54%
R$11,09
FLRY3
0,14%
R$14,16
RADL3
0,08%
R$24,79
PETR3
2,02%
R$38,40
PETR4
1,59%
R$36,50
GGBR4
0,99%
R$17,40
RANI3
2,19%
R$8,40
KLBN4
0,49%
R$4,11
SUZB3
1,19%
R$48,15
VALE3
0,90%
R$61,40
ITUB4
0,68%
R$31,91
ITSA4
0,10%
R$9,80
ABEV3
0,71%
R$11,28
BRFS3
1,45%
R$20,31
JBSS3
0,41%
R$29,53
EMBR3
2,31%
R$36,35
GOLL4
0,97%
R$1,02
AZUL4
4,09%
R$7,73

Categorias

plugins premium WordPress