MGLU3 
R$10,67  3,70%  
PETR4 
R$36,50  1,59%  
VALE3 
R$61,40  0,90%  
BBAS3 
R$26,39  0,46%  
ITUB4 
R$31,91  0,68%  
BBDC4 
R$12,41  0,24%  
ABEV3 
R$11,28  0,71%  
USIM5 
R$7,61  3,68%  
TAEE11 
R$33,49  0,39%  
WEGE3 
R$40,78  2,44%  

Como Ganhar Dinheiro com Buy and Hold? Descubra o Método!

Como Ganhar Dinheiro com Buy and Hold Descubra o Método!
Descubra Como Ganhar Dinheiro com o Buy and Hold, entendendo como essa estratégia de investimentos pode maximizar seus resultados!

O Buy and Hold se refere a uma estratégia muito famosa, utilizada por diversos investidores que buscam obter retornos sólidos no longo prazo. Contudo, você sabe como utilizar essa técnica de forma correta para conseguir ganhar dinheiro com Buy and Hold?

Nesse artigo, você encontrará um guia completo com os passos que devem ser seguidos para que você obtenha sucesso no Buy and Hold, além de dicas e truques que irão lhe auxiliar em sua jornada.

Para ganhar dinheiro com o Buy and Hold você deve analisar e comprar ações de empresas sólidas, que possuem potencial de crescimento e realizam o pagamento de dividendos de forma recorrente. Desse modo, você terá lucro com a valorização da empresa e maximizará seu retorno através do recebimento de dividendos.

Contudo, existem técnicas que devem ser utilizadas para diminuir os riscos do Buy and Hold, aumentando a sua probabilidade de sucesso no longo prazo.

Portanto, confira os detalhes abaixo para não deixar dinheiro na mesa, investindo com inteligência e extraindo o máximo que o Buy and Hold pode lhe oferecer.

Técnicas para ganhar dinheiro com Buy and Hold

Agora, chegou o momento de vermos quais técnicas devem ser utilizadas para que o Buy and Hold seja realizado da forma correta. Desse modo, você terá em mãos a mesma ferramenta utilizada por Warren Buffett, podendo obter grandes resultados no longo prazo.

Warren Buffett

“Comprar uma empresa maravilhosa a um preço razoável é uma das melhores oportunidades que um investidor pode encontrar. E a parte ‘mantenha’ é a mais difícil.”

Como você pode ver na frase acima desse grande investidor, o sucesso do Buy and Hold está na compra de grandes empresas, mantendo-as por um longo período (mesmo sendo difícil em certos momentos).

Ou seja, o seu sucesso depende de dois pontos principais: a compra de ótimas empresas e a paciência para não se desfazer delas ao ver um resultado positivo em carteira.

Porém, como escolher ótimas empresas para ter uma carteira sólida e eficaz?

Análise do setor da Bolsa de Valores

Primeiramente, conheça os setores da Bolsa de Valores e entenda quais são as características principais das empresas que compõem cada setor. Dessa maneira, conhecendo o comportamento do setor, você conseguirá ter uma base sobre como aquela empresa tende a se portar no médio/longo prazo.

Portanto, busque setores que possuem empresas com menor volatilidade e maior tendencia de crescimento a longo prazo. Você pode avaliar essas características através do gráfico da empresa escolhida (tema que será abordado no próximo tópico desse artigo).

Alguns dos setores muito utilizados para o Buy and Hold são: Utilidade Pública; Petróleo, Gás e Biocombustíveis; Financeiro e Saúde.

Além disso, evite setores que possuem grandes oscilações com base em ciclos de mercado ou que possuem empresas que podem ser superadas “facilmente” por um eventual concorrente.

Desse modo, tente evitar os seguintes setores: Consumo Cíclico, Comunicações, Tecnologia e Bens Industriais.

Análise fundamentalista da empresa

Após definir quais setores da Bolsa atendem seus objetivos, o próximo passo será realizar uma análise fundamentalista da ação desejada.

Mas fique tranquilo, você não tem que ser um especialista para realizar esse tipo de análise, sendo necessário apenas se atentar a alguns pontos específicos.

Em primeiro lugar avalie o negócio em que a empresa atua e suas principais características, pesquisando sobre concorrentes, cultura organizacional e histórico de mercado. Desse modo, você entenderá o potencial de crescimento e solidez do negócio gerido pela sua empresa.

O segundo ponto a ser analisado se refere a a saúde financeira e o desempenho da empresa, através da análise de indicadores básicos como receita líquida, lucro líquido, margem de lucro e índices de endividamento. Compare os números ao longo dos anos e com empresas concorrentes para identificar tendências.

Em terceiro lugar, pesquise se a empresa em que você irá investir é líder de mercado e a quanto tempo ela está nessa posição. Normalmente, empresas que são líderes de mercado em setores chave da Bolsa de Valores (B3) por um longo período tendem a ser sólidas.

Dessa maneira, você estará reduzindo o risco de investir em uma empresa que ainda precisa se provar para o mercado.

Por fim, confirme se a empresa escolhida realiza o pagamento de dividendos de forma recorrente. Os dividendos são essenciais para maximizar o seu resultado no longo prazo, possuindo grande valor para o Buy and Hold.

Análise gráfica da empresa

Com a análise fundamentalista realizada, está na hora de estudar o gráfico da ação escolhida para avaliar o comportamento de longo prazo.

Aqui não estamos buscando grandes oportunidades para valorização de curto prazo e sim empresas que tendem a se valorizar de forma constante ao longo dos anos. Desse modo, gráficos com constantes altas e baixas não são ideais para o Buy and Hold.

Confira abaixo o gráfico da empresa EQTL3, podendo ser utilizado como um exemplo de gráfico de uma empresa que possui valorização de longo prazo.

Gráfico EQTL3

Com ambas as análise feitas, você já está pronto para definir as empresas que deseja ter em carteira, restando apenas a divisão de patrimônio para começar a investir.

Divisão de patrimônio

Para realizar a divisão de seu patrimônio/carteira, você deve entender quanto de seu dinheiro será alocado para o Buy and Hold. Ou seja, você deve entender qual é o seu perfil de risco, avaliando quanto de seu capital estará disponível para investir na renda variável.

Lembre-se que o investimento em ações possui riscos e que você poderá perder dinheiro no caso de variações de mercado. Desse modo, apenas invista parte de seu dinheiro em ações, para que você consiga tomar as decisões corretas no caso de uma eventual crise.

Caso você nunca tenha investido em ações até esse momento, é recomendado que a maior parte de seu patrimônio seja alocado na renda fixa. Dessa maneira, coloque uma fração pequena de sua carteira em ações e vá aumentando conforme se sente confortável.

Aportes recorrentes

Talvez a técnica mais importante para ter sucesso no Buy and Hold seja a realização de aportes recorrentes. Ao invés de buscar uma ação milagrosa ou tentar acertar o melhor momento para compra, os aportes constantes lhe dão a oportunidade de melhorar o seu preço médio ao longo do tempo.

Caso uma ação de sua carteira venha a cair, você poderá aproveitar essa oportunidade para comprar mais cotas e melhorar o seu preço médio. Dessa maneira, quando essa ação voltar a subir, você terá lucro com a valorização da empresa.

Além disso, os aportes constantes impulsionarão o seu resultado no longo prazo, atuando como uma bola de neve positiva sobre seu patrimônio.

Paciência e foco no longo prazo

Por último, lembre-se que o Buy and Hold se refere a uma estratégia de longo prazo, utilizada para reduzir os riscos e aumentar as chances de sucesso financeiro.

Dessa maneira, busque empresas sólidas que possuem tendência de crescimento e realizam o pagamento de dividendos, investindo com paciência para colher os frutos futuramente.

Qual é o melhor momento para comprar ações?

Agora que você já entende como selecionar boas empresas para realizar Buy and Hold, está na hora de aprender a identificar o melhor momento para comprar as ações.

Existem dois cenários que devem ser levados em consideração, com técnicas distintas que podem impulsionar seu resultado final:

  1. Quando você não possui ativos em carteira
  2. Quando você já possui uma carteira de ações

Dessa maneira, confira abaixo os detalhes de cada um desses cenários, para que você aproveite ao máximo o que o Buy and Hold pode lhe oferecer.

Cenário 1 – Quando você não possui ativos em carteira

Nesse cenário, onde você irá construir sua carteira de ações do zero, será impossível encontrar o momento exato de realizar sua primeira compra de ações.

Como a bolsa de valores se refere a um mercado de renda variável, é extremamente provável que no curto prazo você veja um resultado negativo em seu balanço.

Desse modo, não fique paralisado esperando o momento ideal que nunca chegará, sendo que quanto antes você investir antes poderá colher os resultados de seus investimentos.

Além disso, conforme você cria sua carteira poderá avançar para o cenário 2, onde existem técnicas que podem ser utilizadas por você para maximizar seu resultado.

Para iniciar sua carteira de ações, selecione as empresas através do processo ensinado nesse artigo e determine qual será a porcentagem de cada empresa em seu portfólio.

Após determinar as porcentagens, realize a compra das ações escolhidas até que sua carteira esteja balanceada. Ou seja, até que sua carteira esteja dividida com base nas porcentagens determinadas por você.

Cenário 2 – Quando você já possui uma carteira de ações

Caso você já possua ações em carteira, o modo mais eficaz para comprar novas cotas é avaliar qual de seus ativos apresenta o menor resultado no momento de seu aporte.

Ou seja, avalie qual de suas ações está mais desvalorizada em relação a seu preço médio e então realize a compra de novas cotas daquela empresa.

Dessa maneira, você conseguirá diminuir o preço médio daquele ativo, podendo obter lucro com a valorização daquela empresa no longo prazo.

Confira abaixo um exemplo de como aplicar essa técnica em uma carteira de investimentos já estabelecida:

Exemplo de Carteira de Investimentos

Ao analisarmos a carteira acima, podemos identificar que a empresa que apresenta a maior desvalorização neste momento se refere a EGIE3, sendo acompanhada pela ITSA4 e SAPR4.

Portanto, para extrair o máximo potencial do Buy and Hold, esse seria o momento ideal para realizar a compra de novas ações da empresa EGIE3.

Dessa maneira, conseguiríamos melhorar nosso preço médio, minimizando o resultado negativo e potencializando nosso ganho com a valorização futura da empresa.

Nota: Os ativos apresentados na imagem acima não se referem a uma recomendação de investimentos, se referindo apenas a um exemplo de uma carteira de investimentos. Avalie os riscos de investir em ações antes de realizar qualquer tipo de investimento.

Juros compostos aplicados ao Buy and Hold

Uma das grandes vantagens do Buy and Hold se refere a aplicação dos juros compostos, que podem ser potencializados pelo recebimento de dividendos.

Desse modo, vamos explorar como os dividendos podem impulsionar os juros compostos aplicados ao Buy and Hold, além de destacar a importância da valorização de uma ação no aumento dos dividendos recebidos.

Juros compostos e o Buy and Hold

Os juros compostos são poderosos aliados dos investidores de longo prazo, permitindo que os rendimentos obtidos sejam reinvestidos, gerando juros sobre juros ao longo do tempo.

No caso do Buy and Hold, essa estratégia se torna ainda mais eficiente, pois a intenção é segurar os investimentos por muitos anos, colhendo os benefícios dos juros compostos ao máximo.

Ou seja, ter disciplina e paciência são características fundamentais para que a estratégia de Buy and Hold e o aproveitamento máximo dos juros compostos sejam bem-sucedidos.

O papel dos dividendos

Os dividendos se referem a parte do lucro distribuído pelas empresas aos seus acionistas. Portanto, ao investir em ações de companhias que possuem um bom histórico de pagamentos de dividendos, você pode utilizar esses proventos para aumentar ainda mais os rendimentos gerados pelos juros compostos.

Dessa maneira, ao reinvestir os dividendos recebidos na aquisição de mais ações da mesma empresa ou de outras oportunidades no mercado, você amplia o potencial de crescimento do seu patrimônio ao longo do tempo.

Valorização das ações e seus impactos nos dividendos

Outro ponto fundamental é o efeito positivo da valorização das ações no recebimento de mais dividendos. Ou seja, quando uma empresa apresenta um bom desempenho no mercado e aumenta o valor de suas ações, consequentemente seus dividendos também tendem a crescer.

Isso ocorre porque os dividendos são geralmente distribuídos como uma porcentagem dos lucros da empresa. Assim, ao investir em companhias sólidas e que apresentam valorização contínua, você tem a chance de colher dividendos ainda mais atrativos e fortalecer os juros compostos.

Além disso, os dividendos pagos pelas empresas são baseados em uma porcentagem do valor de cada ação, o que significa que um aumento no valor das ações resultará em dividendos mais elevados.

Vamos entender isso com um exemplo prático: imagine que você tenha ações da VALE3, que foram adquiridas por R$68,20 cada. Se a empresa decidir pagar 10% de dividendos em um ano e o valor de mercado da VALE3 permanecer o mesmo, você receberá R$6,82 por ação em dividendos.

No entanto, se as ações da VALE3 se valorizarem e atingirem R$75,00 cada, esse mesmo percentual de 10% renderá R$7,50 em dividendos por ação.

A diferença pode parecer pequena quando olhamos apenas para um único dividendo recebido por uma ação. Contudo, quando multiplicamos esse valor pelos números de ações que você possui, é possível perceber que a valorização da empresa pode resultar em um ganho exponencial para o seu patrimônio.

Portanto, ao investir em ações de empresas que têm potencial de valorização, você tem a oportunidade de receber dividendos mais altos e aumentar significativamente a rentabilidade do seu investimento a longo prazo.

Gerenciamento de patrimônio para Buy and Hold

Para obter sucesso com o Buy and Hold, é fundamental ter uma abordagem estratégica e um gerenciamento eficiente da carteira de investimentos.

Dessa maneira, confira abaixo algumas práticas essenciais para gerenciar uma carteira focada em Buy and Hold, incluindo desde a diversificação de setores até a análise trimestral das ações selecionadas.

Diversificação de setores

Ao montar uma carteira de Buy and Hold, é importante diversificar as ações em setores diferentes, escolhidos através do processo de análise mostrado no inicio desse artigo. Dessa forma, você reduz o impacto de eventuais crises em um único setor, protegendo seu patrimônio contra volatilidades excessivas.

Portanto, procure identificar setores promissores e empresas sólidas, buscando um equilíbrio entre áreas como saúde, energia, finanças, entre outras. Essa diversificação setorial ajudará a estabilizar os resultados ao longo do tempo.

Alocação inteligente de recursos

Para gerenciar efetivamente sua carteira de Buy and Hold, é essencial considerar a alocação de recursos em cada ação. Ou seja, determine quanto você está disposto a investir em cada empresa e estabeleça uma proporção adequada.

Evite concentrar todos os recursos em apenas uma ou duas empresas, pois isso aumenta o risco de perdas significativas. Ao invés disso, distribua seus investimentos de forma estratégica em cerca de 6 a 8 ativos.

Utilizar dividendos para comprar novas ações

Uma das grandes vantagens do Buy and Hold é a geração de dividendos ao longo do tempo. Portanto, ao receber dividendos, considere reinvesti-los em ações adicionais. Essa prática ajuda a aumentar a posição nas empresas que já mostraram um bom desempenho e fortalece os efeitos dos juros compostos em sua carteira.

Avalie cuidadosamente as oportunidades de reinvestimento, buscando empresas com histórico sólido de pagamento de dividendos e potencial de crescimento.

Análise trimestral das ações selecionadas

Manter-se atualizado sobre o desempenho de suas ações é fundamental no Buy and Hold. Desse modo, realize análises trimestrais para acompanhar o comportamento das empresas em sua carteira.

Além disso, verifique se elas ainda estão alinhadas com seus objetivos de longo prazo e se atendem às suas expectativas de crescimento e geração de valor.

Considere fazer ajustes na sua carteira se alguma empresa não estiver cumprindo suas expectativas ou se surgirem novas oportunidades promissoras.

Mentalidade ideal para o Buy and Hold

Agora, vamos explorar a mentalidade ideal para o Buy and Hold, enfatizando a importância de pensar a longo prazo e ter em mente o objetivo de uma aposentadoria com a renda gerada pelos dividendos.

Além disso, vamos apresentar um exemplo de mentalidade errada que pode prejudicar os resultados do Buy and Hold!

Warren Buffett

“O segredo para a riqueza no mercado de ações é ter paciência. Se você não tiver vontade de manter uma ação por dez anos, nem pense em tê-la por dez minutos.”
Mentalidade de longo prazo

No Buy and Hold, é fundamental cultivar uma mentalidade de longo prazo, onde você está disposto a investir em empresas sólidas e a manter sua carteira de ações ao longo dos anos, ignorando flutuações de curto prazo.

Além disso, você deve ter a convicção de que o mercado de ações tende a se valorizar com o passar dos anos e que as empresas bem administradas tendem a crescer, trazendo resultados positivos para os acionistas.

Divisão do patrimônio

Ao aplicar o Buy and Hold, é recomendado dividir o patrimônio de forma adequada entre diferentes empresas e setores. Essa diversificação é importante para mitigar riscos e proteger seu investimento contra volatilidades excessivas de mercado.

Dessa maneira, você evita uma queda drástica de seu patrimônio que pode afetar negativamente a sua mentalidade, podendo fazer com que você tome uma decisão precipitada.

Foco na aposentadoria

Uma das principais vantagens do Buy and Hold é a possibilidade de construir um portfólio de ações que gere renda passiva para a aposentadoria. Portanto, ter uma mentalidade de longo prazo significa que você está pensando em colher os frutos do seu investimento no futuro.

Imagine viver de dividendos após 10, 15 ou 20 anos de investimento consistente. Desse modo, você se motivará a perseverar na estratégia e alcançar seus objetivos financeiros a longo prazo.

Exemplo de mentalidade errada

Uma mentalidade errada que pode impactar negativamente os resultados do Buy and Hold é o desejo de obter lucros rápidos. Muitos investidores são tentados a vender suas ações ao menor sinal de oscilação no mercado, na esperança de ganhar dinheiro rapidamente.

Contudo, essa abordagem vai contra os princípios do Buy and Hold e pode prejudicar seriamente os resultados no longo prazo. Ter paciência e permanecer fiel à estratégia é crucial para colher os benefícios do Buy and Hold.

Com a mentalidade correta, o Buy and Hold se torna uma poderosa maneira de construir riqueza e garantir um futuro financeiramente estável! Está pronto para ganhar dinheiro com o Buy and Hold?

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Picture of Felipe Mourão

Felipe Mourão

Felipe Mourão é engenheiro graduado pela USF, apaixonado pelo mercado financeiro e conhecimento. Atualmente, assina textos no A Sua Renda.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode Gostar

Você precisa saber!

Cotações - Ações

CMIG4
0,49%
R$10,25
CSMG3
0,86%
R$19,89
CPFE3
0,22%
R$32,51
EGIE3
0,09%
R$43,96
EQTL3
0,52%
R$28,80
SAPR4
0,00%
R$5,34
TAEE3
0,54%
R$11,09
FLRY3
0,14%
R$14,16
RADL3
0,08%
R$24,79
PETR3
2,02%
R$38,40
PETR4
1,59%
R$36,50
GGBR4
0,99%
R$17,40
RANI3
2,19%
R$8,40
KLBN4
0,49%
R$4,11
SUZB3
1,19%
R$48,15
VALE3
0,90%
R$61,40
ITUB4
0,68%
R$31,91
ITSA4
0,10%
R$9,80
ABEV3
0,71%
R$11,28
BRFS3
1,45%
R$20,31
JBSS3
0,41%
R$29,53
EMBR3
2,31%
R$36,35
GOLL4
0,97%
R$1,02
AZUL4
4,09%
R$7,73

Categorias

plugins premium WordPress