MGLU3 
R$11,45  7,96%  
PETR4 
R$35,82  2,41%  
VALE3 
R$60,14  1,38%  
BBAS3 
R$26,54  2,05%  
ITUB4 
R$31,50  0,16%  
BBDC4 
R$12,69  1,86%  
ABEV3 
R$11,27  1,14%  
USIM5 
R$7,05  1,12%  
TAEE11 
R$33,42  1,10%  
WEGE3 
R$38,07  0,71%  

CRA e CRI vale a pena? Entenda agora de forma definitiva!

CRA e CRI vale a pena Entenda agora de forma definitiva!
Descubra se investir em CRA e CRI vale a pena! Analise a rentabilidade média, compare com outras opções de renda fixa e domine estratégias para maximizar seus ganhos.

Investir em Renda Fixa pode ser a solução para ampliar seus rendimentos e manter o risco de forma controlada. Porém você sabe se o investimento CRA e CRI vale a pena? Nesse artigo você verá a rentabilidade média de todos os tipos de CRA e CRI e saberá comparar esses ativos com outras aplicações.

Além disso, entenderá como o CDI e a Taxa Selic podem ser utilizados a seu favor no momento de investir. Por fim, disponibilizaremos para você, dois arquivos contendo a rentabilidade média de 57 CRAs e 47 CRIs.

Como saber se uma CRA e CRI vale a pena?

Primeiramente, para saber se um CRA e CRI vale a pena, você deve entender se a empresa na qual você irá emprestar seu dinheiro é sólida. Dessa maneira, você reduzira as chances de perder seu investimento, considerando que os CRAs e CRIs não são cobertos pelo FGC.

Juntamente com isso, você deve comparar a rentabilidade do CRA ou CRI escolhido com a taxa Selic e o CDI. Desse modo, utilizando essas taxas como referência, você saberá se a rentabilidade prometida compensa o risco de sua aplicação.

Além disso, para realizar uma análise completa, você deve comparar a rentabilidade do CRA e CRI com outros investimentos de renda fixa. Ou seja, antes de investir é recomendado que você compare o rendimento desses ativos com CDBs, LCAs e LCIs e o próprio Tesouro Direto.

Contudo, vale ressaltar que o rendimento dos CRAs e CRIs é líquido, devido a isenção de Imposto de Renda. Dessa maneira, para realizar uma comparação justa, você deve conferir se o ativo utilizado como referência é tributado pelo IR.

Confira abaixo mais detalhes sobre investimentos isentos e tributados:

Impostos CDB

Impostos LCA e LCI

Qual a rentabilidade do CRA?

Após realizarmos a análise de 57 CRAs diferentes, identificamos que a média de rentabilidade do CRA é de 11,46% ao ano, 0,955% ao mês.

Caso deseje, clicando no link abaixo, você tem acesso ao documento completo com a análise de rentabilidade dos CRAs.

Porém, notamos que cada tipo de CRA possui sua própria rentabilidade média. Dessa maneira, veja abaixo o rendimento médio de cada tipo de CRA.

Rentabilidade CRA Pré-Fixado

A rentabilidade média anual do investimento CRA pré-fixado é de 10,50%, 0,88% ao mês no ano de 2023.

Além disso, a data de vencimento média identificada para os CRAs pré-fixados foi de 17/05/2027, com pagamento de juros semestrais.

Rentabilidade CRA Pós-Fixado

Ao analisarmos os CRAs pós-fixados, identificamos que a rentabilidade média desse tipo de investimento é de 98,25% do CDI. Ou seja, considerando a taxa atual do CDI (13,15% a.a.), concluímos que o rendimento médio anual é de 12,92% (1,08% ao mês).

Assim como os CRAs pré-fixados, você encontrará ativos pós-fixados com diversos prazos de vencimento, começando em 05/07/2028 até 15/07/2033.

Rentabilidade CRA Híbrido (indexado pelo IPCA)

Dividimos os CRAs híbridos em 2 categorias, a fim de entendermos de forma detalhada o quanto cada tipo de CRA vale a pena. Desse modo, o primeiro tipo de CRA híbrido analisado se refere ao investimento indexado ao IPCA.

Ao analisarmos 44 CRAs híbridos indexados ao IPCA, identificamos que a rentabilidade média anual dessas aplicações é de IPCA + 6,63%. Portanto, considerando a taxa atual do IPCA (3,99%), é possível identificar o rendimento anual de 10,62% (0,89% ao mês).

Além disso, os prazos de vencimento variam de 15/12/2026 até 15/09/2037.

Rentabilidade CRA Híbrido (indexado pelo CDI)

Por fim, realizamos a análise do CRA híbrido indexado ao CDI. Com base na análise de 10 ativos diferentes, identificamos o rendimento médio anual de CDI + 1,82% (14,97%), para 2023.

Os prazos de vencimento variam de 20/06/2024 até 17/02/2031.

Confira abaixo a tabela com a rentabilidade média de todos os tipos de CRA:

Rentabilidade Média – CRA 2023
Tipo de CRARentabilidade AnualRentabilidade Anual EstimadaRentabilidade Mensal Estimada
Pós-Fixado98,25% do CDI12,92%1,08%
Pré-Fixado10,50%10,50%0,88%
Híbrido (IPCA)IPCA + 6,63%10,62%0,89%
Híbrido (CDI)CDI + 1,82%14,97%1,25%

Qual a rentabilidade do CRI?

A rentabilidade média do investimento CRI em 2023 é de 0,964% ao mês, ou 11,57% ao ano, (valores líquidos).

Para obtermos essa média, realizamos a análise de 47 CRIs diferentes, disponível para você através do link abaixo:

Assim como os CRAs, cada tipo de CRI também apresenta sua própria rentabilidade média. Desse modo, para você saber se o investimento em CRI vale a pena, confira a análise abaixo.

Rentabilidade CRI Pré-Fixado

O rendimento médio anual em 2023, referente aos CRIs pré-fixados presentes em nosso estudo, é de 10,50%, sendo 0,88% ao mês.

Quanto ao prazo de vencimento, você encontrará CRIs pré-fixados com vencimento de 15/07/2027.

Rentabilidade CRI Híbrido (indexado ao IPCA)

Assim como no caso dos CRAs, também separamos os CRIs híbridos em duas categorias. A primeira delas se refere aos CRIs híbridos indexados ao IPCA.

Desse modo, ao avaliarmos 33 ativos diferentes, notamos que o rendimento médio anual é de IPCA + 6,43%. Portanto, considerando a taxa atual do IPCA, temos o rendimento anual de 10,42% (0,87% ao mês).

Você encontrará opções de prazo de vencimento que variam de 15/12/2025 até 15/12/2038.

Rentabilidade CRI Híbrido (indexado ao CDI)

Por último, temos os CRIs híbridos indexados ao CDI, com rentabilidade média anual de CDI + 1,44% (13,15% + 1,44% = 14,59%), referente a análise de 13 ativos. Além disso, os prazos de vencimento variam de 07/06/2027 até 18/12/2030.

Veja abaixo a tabela com a rentabilidade média de todos os tipos de CRI:

Rentabilidade Média – CRI 2023
Tipo de CRIRentabilidade AnualRentabilidade Anual EstimadaRentabilidade Mensal Estimada
Pré-Fixado10,50%10,50%0,88%
Híbrido (IPCA)IPCA + 6,43%10,42%0,87%
Híbrido (CDI)CDI + 1,44%14,59%1,22%

Confira abaixo o link para saber quanto R$100 mil renderia nos investimentos CRA e CRI:

Quanto Rende o CRA e CRI? Saiba quanto 100 mil rende ao mês!

É bom investir em CRI e CRA?

Investir em CRI e CRA, após se certificar da solidez da empresa dona do ativo, é uma boa opção para você rentabilizar seu dinheiro. Além de fornecerem uma ótima rentabilidade, você terá a opção de receber juros mensais, trimestrais, semestrais ou anuais, ao aplicar em CRIs ou CRAs.

Contudo, entenda os riscos de se investir em CRI e CRA antes de aplicar seu dinheiro. Dessa maneira, você saberá tudo o que pode acontecer com sua aplicação, antes mesmo de se expor ao risco.

Qual a relação da CRA e CRI com o CDI?

A relação entre CRA e CRI com o CDI pode ser direta ou indireta. Desse modo, pensando em um investimento pós-fixado, o CDI possui impacto direto na rentabilidade de sua aplicação.

Já no caso de um CRA ou CRI pré-fixado, a variação do CDI impacta o rendimento de forma indireta. Isso ocorre, pois para definirem a rentabilidade dos ativos pré-fixados, os bancos utilizam os principais indicadores econômicos como base.

Dessa maneira, caso a taxa atual do CDI esteja em baixa, você verá que os ativos pré-fixados de sua corretora possuirão rentabilidade próxima a taxa CDI. Ou seja, caso você invista nesse momento, sua aplicação terá uma taxa fixa baixa.

Por fim, você deve utilizar o CDI como referência na hora de investir. Ou seja, antes de aplicar seu dinheiro em um CRA ou CRI, vale a pena comparar o rendimento com a taxa CDI de hoje.

Contudo, caso queira saber agora de forma prática, qual o CRA e CRI que mais rende, acesse o nosso artigo abaixo:

Qual o CRA e CRI que mais rende em 2023? Maximize o seu retorno!

Outros investimentos de Renda Fixa valem a pena?

Confira abaixo outras análises referentes a ativos de renda fixa, para entender qual vale mais a pena para você!

Investir em LCA e LCI vale a pena?

Investir em CDB vale a pena?

Como utilizar a Taxa Selic para analisar o CRA e CRI?

Outro indicador importante, que você deve utilizar em sua análise, é a taxa Selic.

Devido a taxa Selic determinar a taxa de juros base da economia brasileira, ela tem um impacto direto nas aplicações financeiras. Dessa maneira, assim como o CDI, a Selic também pode servir como referência para você comparar a rentabilidade de seu CRA e CRI.

Além disso, você pode se beneficiar ao acompanhar as notícias de aumento ou queda da Taxa Selic. Ou seja, caso você identifique que a Selic tende a cair, pode ser um bom momento para garantir a rentabilidade de seu dinheiro através de uma aplicação pré-fixada.

Por outro lado, caso você identifique uma expectativa de alta da Selic, pode ser interessante aplicar em CRAs e CRIs pós-fixados. Desse modo, você tirará vantagem da alta futura dessa taxa.

Como comparar o CRA e CRI com outros investimentos?

O último passo para você confirmar se um CRA e CRI vale a pena é comparar a rentabilidade desses ativos com outros investimentos de renda fixa.

Desse modo, você saberá se o rendimento disponível nos CRAs e CRIs está melhor do que outras aplicações que possuem risco similar.

Realize o procedimento abaixo para comparar a CRA ou CRI escolhida com outros investimentos de renda fixa:

  1. Selecione o CRA ou CRI desejado;
  2. Avalie a rentabilidade e o prazo de vencimento do investimento escolhido (lembre-se que o rendimento dos CRAs e CRIs é líquido).
  3. Pesquise outros ativos disponíveis na renda fixa (CDB, CRA, CRI, RDB ou Tesouro Direto) com um prazo similar.
  4. Realize o cálculo do rendimento líquido do ativo que está sendo utilizado como referência em sua comparação. Ou seja, caso selecione um CDB para comparar a rentabilidade de seu CRA ou CRI, primeiramente você deve calcular o rendimento líquido do CDB e então deve comparar os valores.
  5. Compare a rentabilidade dos investimentos.

Conclusão

Os investimentos CRA e CRI se referem a ativos com ótima rentabilidade e variedade. Desse modo, você encontrará aplicações com diversos prazos de vencimento, opções variadas para pagamento de juros e características distintas.

Além disso, poderá escolher um CRA ou CRI de uma empresa sólida, a fim de minimizar os riscos de sua aplicação. Contudo, lembre-se que os CRAs e CRIs não possuem a garantia do FGC, sendo um risco adicional a seu dinheiro.

Por fim, sabendo comparar os CRIs e CRAs com outros investimentos e utilizando as taxas CDI e Selic ao seu favor, você estará pronto para escolher o melhor investimento possível.

Para você, os CRAs e CRIs valem a pena?

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Picture of Felipe Mourão

Felipe Mourão

Felipe Mourão é engenheiro graduado pela USF, apaixonado pelo mercado financeiro e conhecimento. Atualmente, assina textos no A Sua Renda.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode Gostar

Você precisa saber!

Cotações - Ações

CMIG4
2,64%
R$9,97
CSMG3
0,72%
R$19,31
CPFE3
1,09%
R$32,66
EGIE3
0,28%
R$43,47
EQTL3
0,75%
R$29,03
SAPR4
1,99%
R$5,41
TAEE3
0,54%
R$11,10
FLRY3
1,31%
R$14,29
RADL3
1,32%
R$24,74
PETR3
2,10%
R$37,51
PETR4
2,41%
R$35,82
GGBR4
0,70%
R$17,37
RANI3
0,84%
R$8,26
KLBN4
0,49%
R$4,05
SUZB3
0,16%
R$49,00
VALE3
1,38%
R$60,14
ITUB4
0,16%
R$31,50
ITSA4
0,92%
R$9,67
ABEV3
1,14%
R$11,27
BRFS3
1,16%
R$18,78
JBSS3
1,08%
R$29,19
EMBR3
2,99%
R$39,97
GOLL4
1,83%
R$1,07
AZUL4
2,62%
R$9,30

Categorias

plugins premium WordPress